Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Página inicial > Concursos
Início do conteúdo da página
Seleções e Concursos

INES lança edital para nova Pós-Graduação Lato Sensu: “Interculturalidade e Descolonização na Educação de Surdos”

(acesso aos Editais)
 

Do dia 27 de maio ao dia 7 de junho de 2019 estarão abertas as inscrições para o novo curso de Pós-Graduação Lato Sensu “Interculturalidade e Descolonização na Educação de Surdos” oferecido pelo DESU (Departamento de Ensino Superior) do INES.

O acesso à Plataforma de Inscrições, assim como os Editais serão através da página do curso.

Com duração prevista de 18 meses, em modalidade presencial, o curso dispõe de aulas duas vezes na semana (segundas e quartas-feiras, das 13h às 17h) e é destinado a graduados em qualquer área.

O curso ocorrerá no prédio do DESU/INES. Serão ofertadas 30 vagas, sendo que a seleção dos candidatos se dará em duas etapas distintas. A primeira etapa será realizada através da avaliação do currículo e de Memorial em LIBRAS fornecido pelos candidatos no ato da inscrição. A segunda etapa será uma prova de conteúdos em LIBRAS a partir da bibliografia presente no Edital (em LIBRAS e com referência para o texto em Língua Portuguesa).

SOBRE O CURSO

O curso de Pós-Graduação Lato Sensu "Interculturalidade e Descolonização na Educação de Surdos" pretende formar profissionais com uma reflexão além das atuais propostas para a educação de surdos no Brasil. Esse curso apresenta uma proposta diferenciada com aulas ofertadas exclusivamente em LIBRAS, tendo como prioridade trazer as contribuições e reflexões acadêmicas de professores surdos e não-surdos do INES e de outras instituições parceiras.

Nesse processo, a interculturalidade se apresenta como uma possibilidade de compreendermos a complexidade do processo educativo em diferentes dispositivos sociais como a escola, o trabalho, a religião, as etnias indígenas, os quilombolas, dentre outros.

Dessa forma, o presente Curso procura explorar diferentes aspectos culturais, identitários e subjetivos da educação de surdos através do protagonismo surdo, considerando os aspectos teóricos acima destacados. Para atingir esse objetivo, pensamos a interculturalidade e a descolonização como conceitos-chave que devem ser entendidos não só pelo ponto de vista das práticas educativas dirigidas aos alunos surdos, como também serem refletidos criticamente na formação de docentes e tradutores/intérpretes de LIBRAS-Português.

 

 

Fim do conteúdo da página