Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Início do conteúdo da página

Língua portuguesa: leitura e escrita no ensino de surdos

Publicado: Quinta, 27 de Julho de 2017, 15h31

Projeto de curso e Ementário

Quadro de disciplinas

Docentes do curso

Cronograma de aulas 2018.2

Edital 011/2018

Sobre o curso

O curso Lato Sensu “Língua Portuguesa: leitura e escrita no ensino de surdos” oferece subsídios teórico-metodológicos a professores e profissionais que atuam ou pretendem atuar com surdos, com disciplinas que abordam a educação bilíngue, estratégias de leitura e de escrita em língua portuguesa como L2, literatura e formação do leitor, gêneros textuais digitais, elaboração de material didático específico para esses aprendizes, entre outras que contribuam para a formação profissional.

Com duração prevista de 18 meses, em modalidade presencial, o curso dispõe de aulas duas vezes na semana (terças e quintas-feiras, das 18h às 22h) e é destinado a graduados em Letras, Pedagogia ou qualquer área da Educação, Licenciaturas, Fonoaudiologia, Comunicação, e outras áreas afins. O curso pretende preparar profissionais para trabalharem a língua portuguesa como segunda língua, propiciando condições de especialização para a aquisição de práxis pedagógica adequada às especificidades do aluno surdo, tendo condições de elaborar estratégias pedagógicas diferenciadas, consoante à condição linguística bilíngue do aluno surdo, de modo a garantir seu acesso aos conhecimentos, fornecendo-lhe meios adequados, a fim de que possa se desenvolver social e academicamente.

O curso nasceu do esforço conjunto de professores de Língua Portuguesa de dois Departamentos do INES: o DEBASI (Departamento de Educação Básica), que constitui o Colégio de Aplicação, e o DESU (Departamento de Ensino Superior), que contempla três pilares imprescindíveis dentro da perspectiva educacional bilíngue: ensino, pesquisa e extensão. Conta com um corpo docente formado predominante por doutores, um corpo técnico-administrativo formado por pessoal capacitado para atuar nas atividades administrativas, e por intérpretes, que atuam em salas de aula, em grupos de pesquisa e de extensão.

As pesquisas dos professores envolvidos se concentram em cinco linhas principais de investigação e atuação:

  • Elaboração de material didático de Língua Portuguesa como Segunda Língua;
  • Estratégias de ensino de Língua Portuguesa;
  • Manuário acadêmico;
  • Literatura e formação do leitor surdo;
  • Imaginário Surdo em Língua de Sinais e Português.

Essas linhas desenvolvem-se em termos de pesquisa e docência, como pode se observar nas disciplinas do curso, nos grupos de pesquisa desses Departamentos e em suas ações de difusão do conhecimento.

Objetivos do curso

Preparar professores licenciados, trabalhando em diferentes níveis de ensino, para trabalharem a língua portuguesa como segunda língua dos alunos surdos;

Refletir sobre o papel da língua de sinais no ensino da língua portuguesa para alunos surdos;

Propiciar condições para o professor licenciado elaborar material didático adequado às especificidades do aluno surdo;

Descrever e analisar estratégias pedagógicas para o ensino de português escrito como segunda língua;

Discutir propostas sobre didática do ensino e avaliação da aprendizagem em Língua Portuguesa.

Público-alvo

Graduados em Letras, Pedagogia ou qualquer área da Educação, Licenciaturas,  Fonoaudiologia, Comunicação, e outras áreas afins.

 Modalidade

O Curso será oferecido na modalidade presencial e realizado nas dependências físicas do Departamento de Ensino Superior do Instituto Nacional de Educação de Surdos, no bairro das Laranjeiras, no Rio de Janeiro.

 Duração

 O Curso tem duração de 360 horas, distribuídas em 18 meses.

Número de vagas

São oferecidas 40 vagas, sendo 50% das vagas garantidas para candidatos surdos e outras 50% para candidatos não surdos.

 

 

registrado em:
Fim do conteúdo da página