Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Página inicial > Graduação
Início do conteúdo da página

Graduação

Publicado: Sexta, 02 de Outubro de 2015, 18h41

 

 

Curso Bilíngue de Pedagogia

Projeto Pedagógico de Curso (PPC) 2006

Projeto Pedagógico de Curso (PPC) 2017

Docentes do curso

Matrizes curriculares

Núcleo Docente Estruturante
Documentos

Manual do Estágio

Manual do Aluno do Curso de Pedagogia

Manual de Monografia em Libras e LP

Histórico do curso de graduação

Embora o INES tenha uma longa história de formação e promoção de políticas na área da surdez, completando 160 anos de existência em 2017, o projeto de Ensino Superior do INES é relativamente recente.

Ele toma força no começo dos anos 2000, especialmente a partir do reconhecimento da Libras como “meio legal de comunicação e expressão” no Brasil (Lei 10.436/2002), determinando o apoio ao seu uso e difusão, bem como a sua inclusão em Cursos de Formação para o Magistério, de Educação Especial e Fonoaudiologia.

Em 2005, o Decreto 5.626 regulamenta a Lei de LIBRAS, prevendo a formação superior de profissionais para a educação bilíngue, o desenvolvimento da prática pedagógica bilíngue – incluindo a LIBRAS como disciplina curricular – nas escolas e no ensino superior, bem como a oferta de cursos com essa perspectiva em nível de extensão e de pós-graduação.

Em 2004 o INES apresentou ao MEC pedido de autorização para um curso superior bilíngue de Pedagogia – Licenciatura Plena.  Em 2005, o Ministério da Educação autoriza o funcionamento de um curso superior de graduação no INES, cujas aulas tiveram início em 2006.

Assim, surgiu o Curso Bilíngue de Pedagogia, ofertado pelo INES, uma experiência pioneira na América Latina, sendo a LIBRAS a principal língua de instrução em sala de aula, bem como a Língua Portuguesa através dos textos.

Acesso ao curso

Anualmente são ofertadas 60 vagas, sendo metade reservada exclusivamente para alunos surdos e outra para alunos não surdos. O acesso é realizado através de processo seletivo próprio, que leva em consideração as especificidades linguísticas dos surdos, com banca avaliadora especializada no tema.  No caso dos alunos não surdos, é exigido que possuam o nível básico da LIBRAS.

Egressos

De 2006 a 2016, 171 alunos foram diplomados no Curso Bilíngue de Pedagogia do DESU, estando naquele ano 183 alunos com matrícula ativa.

Calendário Acadêmico

O nosso calendário acadêmico pode ser acesso em documentos departamentais.

 

registrado em:
Fim do conteúdo da página