Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Página inicial > Graduação
Início do conteúdo da página

Graduação

Publicado: Sexta, 02 de Outubro de 2015, 18h41

 

 

Curso Bilíngue de Pedagogia

Projeto Pedagógico de Curso (PPC) 2006

Projeto Pedagógico de Curso (PPC) 2017

Docentes do curso

Matrizes curriculares

Dados do curso no e-Mec

Núcleo Docente Estruturante
Manuais do curso

Manual do Estágio

Manual do Aluno do Curso de Pedagogia

Manual de Monografia em Libras e LP

Normas do curso

Normas para Cerimônia de Outorga de Grau

Histórico do curso de graduação

Embora o INES tenha uma longa história de formação e promoção de políticas na área da surdez, completando 160 anos de existência em 2017, o projeto de Ensino Superior do INES é relativamente recente.

Ele toma força no começo dos anos 2000, especialmente a partir do reconhecimento da Libras como “meio legal de comunicação e expressão” no Brasil (Lei 10.436/2002), determinando o apoio ao seu uso e difusão, bem como a sua inclusão em Cursos de Formação para o Magistério, de Educação Especial e Fonoaudiologia.

Em 2005, o Decreto 5.626 regulamenta a Lei de LIBRAS, prevendo a formação superior de profissionais para a educação bilíngue, o desenvolvimento da prática pedagógica bilíngue – incluindo a LIBRAS como disciplina curricular – nas escolas e no ensino superior, bem como a oferta de cursos com essa perspectiva em nível de extensão e de pós-graduação.

Em 2004 o INES apresentou ao MEC pedido de autorização para um curso superior bilíngue de Pedagogia – Licenciatura Plena.  Em 2005, o Ministério da Educação autoriza o funcionamento de um curso superior de graduação no INES, cujas aulas tiveram início em 2006.

Assim, surgiu o Curso Bilíngue de Pedagogia, ofertado pelo INES, uma experiência pioneira na América Latina, sendo a LIBRAS a principal língua de instrução em sala de aula, bem como a Língua Portuguesa através dos textos.

Acesso ao curso

Anualmente são ofertadas 60 vagas, sendo metade reservada exclusivamente para alunos surdos e outra para alunos não surdos. O acesso é realizado através de processo seletivo próprio, que leva em consideração as especificidades linguísticas dos surdos, com banca avaliadora especializada no tema.  No caso dos alunos não surdos, é exigido que possuam o nível básico da LIBRAS.

Egressos

De 2006 a 2018, 198 alunos foram diplomados no Curso Bilíngue de Pedagogia do DESU.

Calendário Acadêmico

O nosso calendário acadêmico pode ser acessado em documentos departamentais.

 

registrado em:
Fim do conteúdo da página